sexta-feira, 3 de setembro de 2010

terça-feira, 31 de agosto de 2010

"Não é Zé"

Falando a economistas, manchete no iG, FHC fez "críticas ao marketing e ao fato de Serra ter aparecido ao lado de Lula". Disse que "Serra não é Zé" e "deixou a sensação de que não nutre mais esperança na vitória do Zé Serra". E a pressão em torno de um governo Dilma chegou ao mercado, mundo afora. Em longo despacho da Bloomberg, "Pimco deixa Palocci fazer de Rousseff a favorita do mercado". Em suma, "o maior fundo do mundo" tornou os títulos brasileiros os "preferidos" por causa de sua "confiança em Palocci". No dizer do presidente do Pimco, Mohamed El-Erian, que "visitou o Brasil no último mês", foi "a mão firme de Palocci que nos deu confiança para criar raízes profundas". Noutro longo despacho da Bloomberg, sobre a queda nos juros de longo prazo, El-Erian diz que o país vive uma "etapa de erupção de desenvolvimento".